Grupo Carboni recebe licenças ambientais para iniciar investimento em Rio das Antas

Nesta segunda-feira (25) o prefeito de Rio das Antas, Alcir José Bodanese, e o coordenador regional da FATMA, Dario Frâncio estiveram na sede do Grupo Carboni em Videira, aonde entregaram ao empresário Osmar Carboni licenças ambientais para execução de projeto de criação de suínos com genética especial. Estima-se um investimento na ordem de R$ 21 milhões, financiado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).

Grupo Carboni recebe licenças ambientais para iniciar investimento em Rio das Antas DSC 2060
De AGROPECUÁRIA CARBONI
Serão duas plantas produtoras de suínos, que devem gerar 50 empregos diretos, uma na Linha Gramados, em parceria com a Genetiporc, outra em Novo São Paulo, em parceria com a Pen Ar Lan. A previsão é de que os trabalhos de terraplanagem comecem em 15 dias e as atividades de comercialização dos suínos dentro de 12 meses.
O prefeito Alcir Bodanese destaca que esta parceria foi firmada através de um incentivo fiscal que o Município proporciona para que empresas se instalem em Rio das Antas, gerando emprego e renda para a população. Não serão alocados recursos próprios. Bodanese destaca que a Administração Municipal cederá máquinas e servidores para efetuarem o trabalho de terraplanagem dos lotes, de propriedade da própria empresa. “Não destinaremos dinheiro. A empresa buscou terrenos que se enquadrassem no perfil que necessitavam e conseguiram aqui em nosso município. Ficamos contentes com um investimento deste porte e por escolherem Rio das Antas. Estamos fornecendo uma pequena ajuda, através das máquinas para melhorar o terreno”, disse.
Segundo Osmar Carboni, a intenção da empresa é construir algumas casas – dentro do lote onde ficarão as plantas – para que sejam utilizadas pelos trabalhadores. “Daremos este incentivo aos trabalhadores. Nossa intenção é instalar uma empresa moderna, com tecnologia de ponta e que possa ajudar no desenvolvimento do Município”, frisou.
Serão construídos dois barracões, com 15 mil metros quadrados cada um, para serem criadas matrizes especiais de suínos. A expectativa é de 2200 matrizes em cada unidade. “Isso deve dobrar a produção de suínos em nosso município. Trabalhamos para ajudar a nossa comunidade e incentivar a vinda de novas empresas para fazer com que Rio das Antas cresça ainda mais. Empresários de visão, como Osmar Carboni, podem contar com o apoio da Administração de Rio das Antas para efetuarem investimentos em nossa comunidade”, finalizou o prefeito.
Participaram ainda da entrega das licenças ambientais, o vice-prefeito de Rio das Antas, Ingo Weiss, o assessor Elias Antunes de Moraes, o secretário de Desenvolvimento Regional de Videira, Evandro Colle, e os secretários municipais de Videira, Celso Brancher e Valdir Schneider.

Nova tecnologia
No início de 2011 foi fechada uma parceria entre a Agropecuária Carboni e a multinacional Pen Ar Lan, empresa especializada em genética suína especial, para a criação das fêmeas “Naima” – com grande potencial reprodutivo e maternal. Estes animais terão menor quantidade de gordura dos suínos convencionais e devem alavancar, inclusive, a produção de suínos em Santa Catarina, único estado brasileiro livre de vacinação de febre aftosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *