Hábito Legal coleta mais de 8 mil caixinhas Tetra Pak e prepara nova ação para Dezembro

O dia de sábado (10) marcou uma nova etapa do Programa Hábito Legal. Depois de atuar no recolhimento de garrafas Pet e distribuição de sacolas retornáveis (em 2011), o projeto abraçou uma nova causa em parceria com o Instituto Federal Catarinense (IFC) que vai produzir revestimento térmico na casa de famílias carentes de Videira, produzindo mantas com caixinhas Tetra Pak de leite ou suco, e distribuindo kits ambientais com vaso, semente e terra para a população que contribuiu com 12 caixinhas.

A participação popular animou os coordenadores do projeto que presenciaram um grande movimento desde cedo. Ao total foram recolhidas mais de oito mil caixinhas e distribuídos 400 kits com semente, terra e vaso. “Nosso objetivo era a coleta de 3 mil caixinhas, por volta das 10h40 já havíamos coletado mais de 4 mil, a população está de parabéns pois entendeu a mensagem do Hábito Legal e se mobilizou por essa causa nobre” afirmou Rafael Carboni, gerente de marketing e comunicação do Grupo Carboni.

Para Thiarles de Souza, diretor da Revista Êxito, a idéia central do programa é justamente auxiliar a população na adoção de hábitos que respeitem o meio ambiente. “Nesses dias que divulgamos essa primeira ação, as pessoas que participaram guardaram as caixinhas para dar um destino correto, essa é a nossa intenção, ou seja, adotando hábitos de consumo mais responsáveis e tendo consciência de como isso beneficia a todos”, explicou Thiarles.

Maribel Gaio, diretora do Laboratório Vida ressalta o resultado prático da ação. “Para cada casa beneficiada será necessário 1.600 caixinhas Tetra Pak, na ação de sábado conseguimos material para revestir cinco casas, esse mérito é de todos, principalmente da população”, ressaltou Maribel.

O Hábito Legal já marcou uma nova ação de recolhimento de caixinhas Tetra Pak para sábado, 01 de Dezembro, no Largo da Estação.


Jaquiel Salvi Fernandes, coordenador do Projeto no IFC disse que é importante que as caixinhas venham limpas e de preferência cortadas, para facilitar o trabalho de transporte e compactação do material. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *