Beto Monteiro é o campeão brasileiro da Temporada 2013 de Fórmula Truck

Beto Monteiro é o campeão brasileiro da Temporada 2013 de Fórmula Truck


O piloto da Scuderia Iveco, Beto Monteiro, é o novo campeão brasileiro de Fórmula Truck. Neste domingo (08/12), em uma prova marcada por superações, o pernambucano levou seu caminhão Iveco Hi-Way de competição número 88 ao primeiro título nacional da equipe, somando-se ao Sul-Americano conquistado em setembro na Argentina. A prova válida pela 10ª e última etapa da Temporada 2013 disputada no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília (DF), teve também pódio duplo. O vencedor da etapa foi Valmir Benavides, o “Hisgué”, que largou da quarta posição e terminou em primeiro, resultado que também marca a sua primeira vitória pela Scuderia Iveco após dois anos competindo com o caminhão Iveco número 2.

“Dedico essa conquista de campeonato a toda a equipe e à Iveco, que sempre confiou em nosso trabalho. Esse título é fruto de muita dedicação”, disse, emocionado, Beto Monteiro, ao subir no pódio de Brasília (DF). Em 2013, Monteiro conseguiu duas vitórias, além de um terceiro e três quartos lugares. Seu desempenho extremamente competitivo lhe garantiu os dois títulos da categoria nesta temporada: “Nosso caminhão foi o destaque neste ano. Sempre eficiente, ele demonstrou muito resistência e durabilidade em todas as etapas”, acrescentou o pernambucano.

Em um final de semana coroado com a sua primeira vitória pela Scuderia Iveco, “Hisgué” também reforçou o excelente trabalho da equipe. “Essa vitória em Brasília representa muito para nós. Tivemos uma temporada difícil, com muita disputa entre as equipes, mas conseguimos superar tudo”, comentou Valmir Benavides.

Antes da corrida, a Scuderia Iveco recebeu a “Camisa Amuleto”, uma iniciativa que levou o pensamento positivo da torcida Iveco feita nas redes sociais. São 24 frases de incentivo aos pilotos, à equipe e ao caminhão. A participação ocorreu por meio do Facebook da Scuderia Iveco (www.facebook.com/ScuderiaIveco), e o post convocando os torcedores contou com 4.529 curtidas e 370 compartilhamentos. Foram enviadas 190 mensagens de todo o Brasil.

Às 13h15 deste domingo, horário da largada em Brasília (DF), a temperatura de pista beirava os 32°. Por não ter completado sua volta no treino classificatório de sábado, Beto largou da 21a posição, mas em sua primeira volta conseguiu ficar em 17°. No pelotão da frente, “Hisgué”, que largou em 4°, manteve sua posição e constância, sempre permanecendo no “Top 5”. Neste momento, para ficar com o título, Beto precisava chegar na sexta posição.

Com o tempo passando, o calor de Brasília começou a fazer suas primeiras “vítimas”, e pelo menos quatro competidores concorrentes tiveram que sair por conta de falha em seus equipamentos. Mas a Scuderia Iveco, assim como nas demais etapas, manteve-se na pista.

No meio da corrida, Beto chegou a queimar o radar e teve que fazer uma volta dentro dos boxes, forçando-o a largar da 18ª posição, na frente, Valmir conseguiu o terceiro e depois o segundo lugar, brigando pela ponta nos 20 minutos finais de corrida.

Do 18° lugar, Monteiro conseguiu realizar várias ultrapassagens e chegou ao quinto lugar, um desempenho que já lhe renderia o título. Porém, há duas voltas do final, o primeiro colocado teve uma falha mecânica e abandonou a prova. “Hisgué” assumiu a ponta e terminou em primeiro lugar, com Beto em quarto – sua pontuação final chegou a 149 pontos, 21 à frente do segundo colocado.

Com um pódio duplo na última etapa do ano, a Scuderia Iveco teve pela primeira vez em seus cinco anos de participação na Fórmula Truck um piloto campeão brasileiro e sul-americano na mesma temporada. Na classificação de marcas, a Iveco terminou em terceiro lugar.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *