Estresse pode impactar a saúde

Estresse pode impactar a saúde
O fardo de passar dias na estrada pode ser enorme: dirigir por horas, cumprir horário para entrega de cargas, redobrar a atenção em trechos com más condições ou em obras, se preocupar com a família. E a lista vai muito além. Todos esses compromissos e atividades podem fazer com que você ache que não vai dar conta de cumpri-los, e ainda ficar a ponto de explodir.


Quando o estresse começa ser constante e por questões corriqueiras, o coração acelera, o corpo sua, vêm a dor de estômago, a disfunção intestinal, a fadiga, os problemas de sono. Em longo prazo, o estresse pode desencadear várias doenças no corpo humano, como hipertensão, diabetes tipo 2, alterações na tireoide e herpes (quando a pessoa já tem o vírus incubado).

É importante, porém, não banalizá-lo e saber diferenciá-lo de uma irritação normal. Se a pessoa brigou no trânsito, teve um desentendimento com o chefe ou discutiu com o namorado/marido, é claro que vai ficar irritada. O problema é sempre andar nervoso e estourar por qualquer motivo.

O indivíduo diagnosticado com estresse deve, além de “colocar o pé no freio” para diminuir a sobrecarga, melhorar sua qualidade de vida para que o corpo aguente a pressão, não viva sempre no limite nem tenha vontade de “chutar o pau da barraca”. Portanto, é essencial organizar-se, equilibrar o horário de trabalho, dedicar um tempo para as refeições e para o lazer, praticar atividade física e ter uma rede de suporte, com amigos e familiares.

Com informações de Bem-Estar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *