Frio auxilia na brotação e florescimento


   

Frio auxilia na brotação e florescimento videira03
   O município de Videira, entre 1º de abril e 30 de setembro, teve um acumulado de 518 horas de frio abaixo de 7,2°C, parâmetro utilizado para avaliar a qualidade do inverno, que este ano foi muito bom. As horas de frio ficaram acima da média histórica que é 482 horas . Desta maneira, as condições climáticas proporcionam um período de repouso hibernal adequado, o que culminou em abundância na brotação e no florescimento das fruteiras na primavera.
      O agrônomo da Epagri, Arlindo Rech Filho, explica que as fruteiras de clima temperado, sejam elas ameixeiras, pessegueiras, macieiras, videiras, entre outras, necessitam de um período de repouso hibernal durante o ano, que ocorre no final do clico entre outono e inverno, “este repouso é necessário para que as plantas estejam preparadas para a nova safra” comenta Rech.
     No caso das videiras, a floração foi abundante, e aparentemente trará uma safra excelente, “estima-se que nos cerca de 380 hectares do município de Videira, sejam colhidas, aproximadamente, 7,6 mil toneladas de uva” aponta Rech.
    De maneira geral, apesar dos eventos isolados, que naturalmente trazem frustração de safra e prejuízos para alguns produtores, pode-se considerar que está ocorrendo uma boa safra das fruteiras de clima temperado em Videira (SC) o que traz otimismo a boa parte dos fruticultores do município.

Fonte: Jornal A Coluna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *