Gincana do Caminhoneiro Iveco tem novo campeão

Nelsi Pivetta conquista o Tector 0 km na grande final em Itajaí (SC). Foto: Maurício Fernandes
Catarinense mostrou habilidade ao volante e ganhou um Iveco Tector na maior competição das estradas no Brasil.

Nelsi Pivetta, de 60 anos, é o campeão da Gincana do Caminhoneiro, que teve a final hoje (26/11) em Itajaí (SC). Natural de Ibicaré (SC), Pivetta foi o vencedor com o tempo de 31 segundos e conquistou um Iveco Tector zero km. Na edição deste ano, foram 20 finalistas, número que remete às duas décadas da presença da Iveco, patrocinadora da Gincana, no Brasil. Ao todo, 1.500 motoristas participaram das provas de slalow, e mais de 3.000 compareceram ao evento em todo o país.


O vencedor, que foi classificado na etapa de Betim-MG, deixou de concorrer em apenas uma etapa da Gincana e levou a família em todas as fases que participou.Quem chamou atenção foi o filho Miguel, de 9 anos, que vibrou e se emocionou com o pai a cada momento. Nelsi que trabalha com transporte de toras de madeira, agora tem um semipesado carregado de potência como parceiro de estrada.


“Gostaria de agradecer a todos por este prêmio. Que Deus continue abençoando vocês e suas famílias”, disse Pivetta ao público, que se classificou na etapa de Betim (MG), no posto PTB. Na segunda colocação ficou Leonel Aguillar Faria, natural do município de Alvares Machado (SP), com 34 segundos.

A edição 2017 da Gincana do Caminhoneiro começou em Mato Grosso, passou por São Paulo, Paraná, Espírito Santo e Minas Gerais, até chegar em Santa Catarina, onde aconteceu a sexta e última etapa (de 23 a 25/11) e a grande final da competição.

O cobiçado Tector 6×2 zero km tem cabine leito com excelente conforto aos ocupantes, 300 cv de potência e pesa 23 toneladas. “Os participantes competiram de maneira excepcional, e fizeram da Gincana um evento que ficará marcado na história das estradas brasileiras”, afirma Ricardo Barion, diretor de Marketing da Iveco.


Eliminatória

A primeira etapa da final contou com uma prova teórica, com perguntas sobre legislação, sinalização, cidadania, produtos 
Iveco e FPT Industrial, marca de motores da CNH Industrial que equipa os veículos Iveco.

Depois, todos cantaram o Hino Nacional e os finalistas reservaram alguns minutos para as orações. Em seguida, os caminhoneiros fizeram a primeira etapa eliminatória, que consiste em realizar baliza e o percurso de slalow, restando 16 candidatos. A ordem dos competidores foi decidida por sorteio e todo o percurso foi cronometrado.


O resultado se decidiu pelo sistema de confronto direto, com os competidores se enfrentando em oitava, quarta, semi para a definição na grande final.

Encerramento


A Gincana contou ainda com a presença do campeão da Copa Truck, o piloto Beto Monteiro, que participou da etapa final com manobras na pista, e com o show de Lorena Cristine, cantora paulista que vem se destacando no cenário da música sertaneja nacional.


Os visitantes puderam conhecer o aplicativo Paradas de Estrada, que disponibiliza informações sobre as paradas de todo o Brasil, com dados precisos e atualizados sobre locais para descanso, refeições, abastecimento e outros serviços necessários a quem está nas estradas. Inicialmente o aplicativo está disponível na versão Android.


Ações sociais


Profissionais da saúde do Serviço Social do Transporte (SEST) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT), durante as etapas da Gincana e de forma gratuita, mediram a pressão e realizaram teste de glicemia nos visitantes. Além disso, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fizeram campanha de conscientização sobre segurança nas estradas com os caminhoneiros. A ação da PRF incluía o “Cinema Rodoviário” e palestras alertando sobre acidentes.


A FPT Industrial e o setor de peças da montadora, ambas marcas CNH Industrial, estiveram ao lado da Iveco durante as etapas, assim como a Eaton. A Revista Caminhoneiro é a realizadora do evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *