FPT Cursor 9 entrega força máxima e economia de combustível no campo

Presente nos tratores e colhedoras de cana da Case IH, motor da FPT Industrial passou por uma série de aprimoramentos que garantem a performance superior e maior vida útil do mercado agrícola

FPT Cursor 9 entrega força máxima e economia de combustível no campo unnamed
A evolução na agricultura não para. Atenta à realidade, a FPT Industrial, um dos maiores fabricantes de motores industriais do mundo, desenvolve continuamente motores alinhados às necessidades do homem do campo. O Cursor 9 é um deles. O propulsor, que equipa a linha de tratores e colhedoras de cana da Case IH, entrega o máximo desempenho com o menor consumo de combustível, sem abrir mão da durabilidade e da evolução tecnológica.

Desde 2012, o motor turbodiesel de 8,7 litros passou por uma série de aprimoramentos, começando pela eficiência no consumo de combustível, com o redimensionamento de componentes como cabeçote, válvulas de admissão e escape visando durabilidade. Além disso recebeu novos filtros de combustível, turbo refrigerado à água, nova central eletrônica, resultando na fácil acessibilidade aos itens de manutenção, intervalos de trocas de óleo de 600 horas e maior vida útil do mercado.

Ao todo foram quase 20 mil horas de testes em campo ao longo de três anos, assegurando a melhor performance e o melhor conjunto mecânico.

“Com o motor FPT Cursor 9, o cliente pode esperar alta performance, baixo consumo de combustível e durabilidade nas operações de cana de açúcar”, aponta o Especialista em Marketing Produto da FPT, André Faria.

Na linha Case IH, o Cursor 9 dá força a um dos mais potentes tratores de chassi rígido do mundo: o Magnum 380 CVT, de 380 cv. Mesmo produzindo uma potência superior, o motor da FPT consegue força extra no modelo para atender às condições extremas da agricultura, graças ao sistema Power Boost. Com ele, chega a incríveis 435 cv de potência. O sistema APM (Gerenciamento Automático de Produtividade) controla automaticamente a relação de transmissão e a velocidade, reduzindo o consumo de combustível sensivelmente.

Desde 2016, a Case IH também implantou mais de 103 melhorias nas colhedoras de cana. Entre as novidades das séries A8000 e A8800, equipadas com o Cursor 9 de 358 cv, estão uma nova curva de potência do motor, o ventilador inteligente do radiador e o Auto Turn, que automatiza o acionamento e o desligamento das funções de colheita a cada manobra. Os operadores que utilizam adequadamente as novas ferramentas têm obtido de 6% a 12% de economia de combustível, em média, quando comparados aos modelos anteriores, além de menor desgaste dos componentes.

Produtividade comprovada
Quem utiliza a máquina no dia a dia, aprova. A Agroterenas, empresa que atua na produção de cana-de-açúcar, laranja in natura e suco concentrado de laranja em São Paulo e Mato Grosso do Sul, adquiriu quatro colhedoras de cana A8810DA com espaçamento duplo alternado e já colhe os resultados.

“O motor da máquina é parte fundamental da engenharia do projeto, deve ser compatível para que não falte potência e não gere consumo adicional. No geral, estamos contentes com a performance”, afirma o diretor da empresa, João Guilherme Iglézias.

Ampla gama de motores no agronegócio
Além do Cursor 9, a FPT oferece uma ampla gama de motores para aplicação no agronegócio. A família começa pelo S8000 de 3 ou 4 cilindros e vai até o Cursor 13, passando pelo NEF de 4 ou 6 cilindros, mecânico e eletrônico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *