Casa própria, ampliar negócio ou investimento. Entenda por que o consórcio imobiliário pode ser o seu aliado.

consórcio imobiliário

O consórcio imobiliário é uma grande possibilidade de investimento para qualquer brasileiro até mesmo em um período de crise econômica. Isso acontece porque quem planeja paga mais barato e foge dos juros, alcançando a chance de melhorar a qualidade de vida.

Isso porque é possível concretizar sonhos, como a compra de um carro novo, uma moto e até a casa própria. Essas negociações com alto valor agregado são oportunizadas e não se convertem em um fardo para os clientes.

Sendo forma de investimento em longo prazo, o cidadão arca com as mensalidades do consórcio imobiliário sem impactar seu padrão de vida. Tudo isso porque se programou adequadamente e ainda optou por uma modalidade bem mais em conta para obter crédito.

 

Consórcio imobiliário: planejamento concede pagamento barato e sem juros

Quando você acaba escolhendo um investimento em que existe a imposição de também arcar com juros, se torna muito mais complicado poupar. Boa parte da sua renda necessita, então, ser transferida para essa linha de crédito para que as mensalidades não se acumulem. E tampouco tudo seja corroído pelos juros.

Isso acontece porque você tende a arcar com um valor muito maior pelo imóvel em questão do que pretendia inicialmente. Mas, calma, há uma excelente notícia para quem adere ao consórcio imobiliário.

Afinal, esse não é o caso do pagamento consórcio. Ao contrário do que se sucede no financiamento, você nem vai se preocupar com essa questão. Você apenas terá de contar com uma empresa competente e experiência no ramo, bem como que tenha o reconhecimento do Banco Central.

A partir daí, você seleciona a maneira de negócio que se adéqua ao seu orçamento e começa a investir prontamente. E os diferenciais do consórcio imobiliário ao financiamento tradicional não para por aí!

1 – Poupança planejada

Nem todo mundo conta com alguma quantia no final do mês para depositar na poupança, sobretudo, em um contexto de instabilidade. Com o consórcio imobiliário, você assume o compromisso mensal de arcar com parcelas que cabem no seu bolso. E essa quantia pode ser estipulada por você no contrato.

2 – Segurança

Quando você faz um investimento na bolsa de valores, existe o risco de perder esse capital. No consórcio imobiliário, isso não ocorre. Afinal, o seu dinheiro não sofre desvalorização, uma vez que a carta de crédito possui reajuste satisfatório.

Desta forma, é preservada a capacidade de compra das parcelas ainda não contempladas. Sendo assim, você não tem prejuízo e ainda tem todo o seu investimento embasado em normas aprovadas no Banco Central.

3 – Sem necessidade de reservas financeiras

Geralmente, o financiamento demanda uma entrada substancial para a compra de um imóvel. Mesmo que você conte com dinheiro na poupança, ser forçado a aplicar tudo de uma vez pode incidir em complicações. Isso porque as outras contas podem comprometer e até limitar o seu dia a dia.

No consórcio, essa imposição não existe devido à falta de qualquer valor de entrada. Neste caso, você pode aproveitar esse capital guardado para liquidar algumas parcelas antes do prazo ou dar em lances no futuro.

4 – Diversificação de investimento

Variar o investimento é indispensável para obter cada vez mais lucros. No consórcio imobiliário, você pode realizar desejos que pareciam bem longe. Por exemplo, você pode aplicar em casa e/ou apartamentos para vender e comprar imóveis ainda na planta.

O brasileiro que prioriza um consórcio consegue poupar quatro vezes mais do que teria ao colocar tudo na poupança. Isso de acordo com as informações da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (ABAC).

Entre outras palavras, o consórcio se apresenta como a opção perfeita para o cidadão brasileiro. A partir daí, você é capaz de atingir a sua independência econômica de como seguro e programar o seu futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *