Se o seu carro não incomodasse poderia ficar pra sempre com ele. Conheça motivos vitais para trocar seu carro

Quando será que é a hora certa para trocar de carro? Como para muita gente a posse de um carro está relacionada a status social – isto é, quanto mais moderno, maior o poder do dono –, a tendência é que muitos encarem o simples lançamento de um novo carro como motivo mais do que suficiente para trocá-lo, mesmo que o antigo ainda esteja funcionando sem dar problemas. Neste texto, vamos dar dicas com base em fatos e bons argumentos para que você decida qual é a melhor hora para trocar de carro. Continue ligado!

 

 

Quilometragem

 

Este é um dos indicadores mais importantes a serem pesados na decisão de trocar de carro, porque podemos saber a idade de um veículo e, portanto, ter uma ideia aproximada do seu desgaste natural simplesmente checando sua quilometragem. Com o tempo, ele pode precisar de constantes idas ao mecânico, que não serão por simples trocas de peças, e os altos custos com isso podem fazer com que compense mais comprar um carro mais novo e que dê menos problemas.

Por outro lado, também é importante lembrar que isso não é uma regra absoluta, pois o estado de conservação do carro depende muito também de como o seu proprietário o utiliza e cuida dele. Se evita estradas acidentadas, faz revisão, manutenção e troca de óleo e filtros na frequência adequada, isso pode retardar bastante ou até realmente evitar o aparecimento de problemas crônicos, como em peças-chave, tais como a suspensão, embreagem ou no motor.

 

 

Modificação das necessidades

 

A mudança de automóvel pode refletir algumas das mudanças da vida de uma pessoa. Por exemplo, se quando solteiro seu carro era mais para se aventurar por percursos acidentados, ou era munido do básico apenas para te levar de casa para o trabalho e do trabalho para casa, depois do casamento o mais provável é que você queira investir num veículo mais confortável para passear com o cônjuge, e com mais espaço e segurança se chegarem a ter filhos (ou animais de estimação). Ou suponha que você sempre teve o sonho de pegar estradas mais perigosas, ou de trabalhar para um aplicativo de carona, e agora finalmente tem dinheiro para investir num carro exatamente para isso.

Muitas vezes, é melhor trocar de carro, para que todos os gastos sejam apenas com um veículo que atenda plenamente às suas necessidades do momento.

 

 

Desvalorização do veículo

 

Assim que um carro sai da loja, ele perde 20% do seu valor. Dependendo do que acontece com a marca no mercado, pode ser que perca muito valor rapidamente, e quando você for revender, acaba não conseguindo um bom preço por ele – o que é grave principalmente em situações em que você está vendendo porque precisa de dinheiro.

Então, pode ser mais vantajoso se desfazer dele assim que o valor começar a diminuir, para que seu prejuízo não seja muito grande.

E é bom ficar atento para não comprar marcas ou modelos que desvalorizam muito rápido.

 

 

Descontentamento com a marca

 

Se a marca não atende plenamente às suas necessidades de cliente (as peças que fabrica não são tão boas, a garantia não é suficiente, você não gosta do design, etc.), você tem todo o direito de trocar para uma marca que possa atendê-lo melhor.
 

⟶ Você sabia que é possível trocar de carro investindo a partir de R$20,00 por dia? Confira aqui!