Entenda a diferença entre proteção veicular e seguro de caminhão

Comprar um novo veículo vem acompanhado de muitas alegrias, satisfação de um sonho e de também responsabilidades. Isso porque você precisa estar resguardado diante das adversidades suscetíveis nas ruas, avenidas e rodovias de todo o Brasil, que é o seu local de trabalho. Pensando na integridade dos seus bens, do seu negócio e de sua própria, contratar um seguro para caminhões é essencial. Contudo, uma análise do mercado pode resultar em dúvidas e confusões, pela falta de clareza na diferença entre seguro e proteção veicular.

O preço das chamadas cooperativas de proteção veicular pode ser mais atraente, chegando o valor a ser até 70% mais barato em comparação com os seguros. Entretanto, eles não prestam os mesmos serviços, e são justamente estas especificações que precisam ficar claras. O desconhecimento sobre o que está coberto e o que não está levam a complicações na hora em que o caminhoneiro precisa de assistência. Para auxiliar na compreensão, explicamos a seguir.
 

As cooperativas de proteção veicular

Quando se opta por pela proteção do caminhão através das associações de proteção veicular, o motorista se torna um cooperado, membro de uma cooperativa. Ele deve realizar todos os meses o pagamento da mensalidade referente e também o pagamento de uma taxa de adesão assim que ele entra para o grupo. Dentre todos aqueles que são cooperados, um grupo específico fica responsável pela administração de todo este dinheiro.

Caso aconteça algum acidente com o caminhão ou ele necessite de algum tipo de manutenção, o montante arrecadado através das mensalidades paga o sinistro. Igual com os seguros, não se pode prever quando o cooperado necessitará ser ressarcido em suas necessidades com o veículo. De igual forma, a cooperativa deve estar preparada para cobrir os valores mesmo em casos de sinistros simultâneos. Para isso, seguindo as regras da proteção veicular, a mensalidade não é fixa. Se for o caso, deve ser feito a divisão dos gastos dos outros sinistros.
 

Os seguros auto para caminhões

O seguro para o seu caminhão, em contrapartida, é realizado entre o proprietário e a seguradora. Um valor fixo de mensalidade é definido levando em consideração as informações pessoais do contratante, como o gênero e idade. Também estão relacionados os dados estatísticos sobre índice de roubos e sinistros de caminhões na região em que mora ou que a empresa está localizada. Com o pagamento desta taxa, ele está protegido de possíveis prejuízos que venham a estar previstos na apólice.

Analisando as diferenças entre os modelos de proteção do veículo percebemos que a contratação de um seguro tem muito mais vantagens que a proteção veicular. Como não existe nenhum órgão fiscalizador para as cooperativas, o cliente não está resguardado caso necessite de amparo jurídico. Como associado ele também é um dos donos da empresa, diferente das seguradoras, em que a relação é de cliente. O Código de Defesa do Consumidor só é aplicado no segundo caso.

Através das seguradoras o pagamento da indenização é certo porque estas empresas têm a obrigação de ter reserva orçamentária para a cobertura de todos os sinistros, mesmo que simultâneos. Nas cooperativas o pagamento dependerá da situação de caixa, que nem sempre será favorável. Esta situação leva a atrasos no pagamento ou mesmo o não pagamento, o que gera diversos complicadores para o seu trabalho através do uso do caminhão.

Conte com a Carboni nos cuidados de proteção do seu caminhão. Viaje tranquilo sem preocupação, com a certeza do melhor atendimento caso necessário.
 
⟶ Faça já a simulação do seguro do seu caminhão com a melhor oferta do mercado