Por que o seguro residencial é mais barato que o seguro auto?

A maior parte das pessoas, ainda que não tenham um automóvel, sabem que o valor do seguro gira em torno de 5% do preço do carro.

Entretanto, é comum que se transfira a mesma lógica para o seguro residencial. Nesse caso, os valores seriam bem mais elevados, o que poderia ser considerado uma desvantagem e desencorajar a contratação desse serviço.

Contudo, o seguro residencial não cobra a mesma taxa que o popular seguro auto: seu custo fica em torno de 0,4% do valor do imóvel. Os seguros que ultrapassam essa porcentagem são considerados especiais e envolvem coberturas e outros serviços diferenciados, ainda assim, não costumam superar 1%.

Entenda, a seguir, as vantagens de contratar um seguro residencial. Vamos lá!

 
 

Por que contratar um seguro residencial?

Existem diversos imprevistos que podem ocorrer ao seu imóvel: roubos, acidentes, incêndios, entre outros danos que necessitem de reparações imediatas. Com o seguro residencial, esses imprevistos financeiros não entrarão nas suas finanças. Além disso, o seguro inclui indenização pelo seu imóvel em casos mais graves.

Quando surgem incidentes como os citados, os custos podem, facilmente, superar o valor de investimento em um seguro residencial. Além disso, há também o tempo gasto com a busca por profissionais especializados e os riscos de contratar serviços de qualidade duvidosa, que podem atrasar ainda mais o andamento das reparações e elevar os gastos.

Por isso, o custo-benefício desse tipo de seguro vale a pena se considerarmos os recursos financeiros que poderão ser empregados nesses casos. Mesmo que se trate de um imóvel alugado, o seguro pode cobrir roubos ou danos em seus bens materiais.

Ademais, a forma de pagamento está cada vez mais flexível e pode ser adequada para o orçamento de cada caso em particular. Atualmente, não existem milhares de burocracias para dificultar a contratação de um seguro.

A previsibilidade financeira é um benefício que apenas as pessoas que podem contar com seguros usufruem, já que esse recurso traz a segurança de que, mesmo que haja algum acontecimento inesperado, as contas não sairão do orçamento previsto e não será necessário recorrer às reservas financeiras.

 
 

Como o seguro residencial pode sair mais barato?

Para encontrar um seguro que atenderá às suas necessidades pelo preço mais acessível, é necessário pesquisar bastante. Isso porque as opções disponíveis no mercado podem ser diversas, além disso, os serviços incluídos nos pacotes podem contribuir para que ele seja mais acessível ou mais caro.

Portanto, além de escolher um seguro básico que seja o mais completo possível, é necessário conhecer as opções disponíveis para a personalização do seu seguro residencial. Alguns exemplos de adicionais que podem valer a pena contratar são: danos de origem elétrica, quebra de vidros, danos causados por fenômenos naturais e roubo ou furto.

Apesar de estarmos sujeitos a muitas coisas inesperadas, há adicionais que podem ter uma probabilidade quase nula de acontecer na área geográfica em que você mora, como é o caso dos danos provocados por fenômenos naturais. Assim, uma avaliação crítica deve definir quais serviços são, realmente, necessários para serem incluídos em seu seguro residencial.
 
 
➡️Ficou interessado? Simule aqui seu seguro residencial, é automático!