A importância de revisar seu automóvel na quilometragem recomendada

Fazer a revisão do seu carro dentro dos prazos programados pela montadora é um dos cuidados mais importantes que você deve ter. É nestas revisões que se previnem problemas na mecânica e peças do automóvel, evitando possíveis panes e acidentes na estrada. Além disso, obedecer ao calendário também traz economia para o seu bolso, pois diminui a necessidade de trocas e consertos que normalmente são mais caros.

Por quê as datas de revisão do carro se controlam por quilometragem?

Na hora que você compra um automóvel novo, todas as peças e fluídos estão em perfeito estado. As montadoras, ao fabricar um carro, fazem inúmeros testes para medir a duração de cada componente e as consequências de rodar com peças danificadas. Com base nestes dados, é feito um calendário de revisões preventivas, que normalmente está disponível no manual do veículo.

O automóvel é um meio de transporte que está exposto a vários agentes, como as condições climáticas e das estradas. Vale lembrar do desgaste natural das peças, que se dá conforme o tempo passa. Por isso, normalmente a primeira revisão é programada para 12 meses de uso ou 10 mil km rodados, o que chegar primeiro. Porém, se o carro for usado em condições extremas, é recomendado fazer a revisão com mais frequência.

O óleo do motor, por exemplo, tem prazo de vencimento. Se não for trocado no tempo recomendado, a lubrificação do sistema será comprometida. Os filtros de ar também devem ser trocados com certa frequência, pois eles impedem que entrem impurezas no motor e, a médio prazo, a acumulação de sujeira pode gerar entupimento de algumas válvulas. Assim seguem outros componentes que possuem diferentes tempos de vida útil.

Como consequência, além de panes e problemas, também pode haver maior consumo de combustível, pois a eficiência do motor e demais sistemas será afetada quanto mais desgaste existir.

Na Fiat, os modelos de carros até o ano 2018 devem ser revisados a cada 10 mil km nos modelos Flex e a cada 20 mil km nos Diesel.

Acima dos 20 mil km, começam a ser programadas janelas de 20 em 20km para as demais revisões. Nestes casos, devem ser revisados itens mais importantes como motor, freios, sistemas elétricos, baterias, etc.

E em caso de não usar muito o carro?

Não se engane: caso você não use muito o veículo, e este esteja a maior parte do tempo parado, também é necessário leva-lo à revisão. Nesse caso, o prazo deve ser o tempo, sejam 6 meses, 10 meses ou um ano, dependendo do que é estipulado no manual do carro.
Isso é pelo mesmo motivo já citado: corrosão por falta de uso, sujeiras, e vencimento de fluídos que devem ser trocados.
Lembre-se também que as revisões programadas devem ser feitas na concessionária autorizada. Na Carboni Fiat, por exemplo, as equipes de mecânicos possuem treinamentos específicos para os modelos da marca, e o uso de peças originais ajuda a manter a eficiência e o valor do seu carro.

Confira agora como anda o seu calendário de revisão e entre em contato com a concessionária mais próxima para agendar o check-up. Cuide do seu carro e assim você cuida da sua segurança!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *