4 práticas para evitar perdas na colheita e manter a qualidade do grão

0

Garantir uma boa safra é um trabalho de tempo completo, pois desde a escolha da semente, a época e método do plantio, até a colheita no tempo certo. Porém, não é só isso o que vai assegurar um grão de boa qualidade no final. Há outros detalhes, como o uso de máquinas e o controle do clima, que podem contar muito para evitar perdas e ter um produto excelente na sua safra.

As perdas acontecem das mais variadas formas: Antes da colheita, decorrente de más condições climáticas, surgimento de pragas, infestação de insetos e ervas daninhas na lavoura, entre outros. No momento da colheita; com a plataforma de corte mal regulada, e no momento da trilha entre a separação e limpeza do produto.

Aqui destacamos quatro práticas que podem te ajudar nesta tarefa. Confira:

1-      Fique de olho nas condições climáticas

Quando o grão já está a ponto de ser colhido, qualquer condição climática adversa pode afetar na produtividade da safra. Rajadas fortes de vento e chuva, por exemplo, podem fazer com que muitos grãos caiam no solo e sejam perdidos. Além disso, aumentará a umidade dos grãos, o que diminui a sua qualidade, com possíveis aparecimentos de fungos, que acarretará uma dificuldade maior na colheita e aumentará os custos pós colheita, ex. secagem e armazenamento da produção.

Alguns produtores, para evitar esse custo extra, deixa a o grão mais tempo na lavoura para secagem natural. Porém, isso tampouco é uma boa decisão a ser tomada, já que a maior exposição do milho no campo, por exemplo, intensifica possíveis problemas de quebramento e acamamento de plantas. 

2-       Planeje a colheita

Como já comentado, ter uma boa colheita é um trabalho desde o primeiro momento, ao escolher as sementes adequadas para o tipo de clima e terreno onde serão plantadas, além de considerar a disponibilidade de máquinas e silos.

 O monitoramento das condições da lavoura ajudará a definir o momento certo para fazer a colheita. Ter conhecimento sobre o ambiente em cada safra e monitorar a área para, se necessário, antecipar a colheita, são algumas atitudes de prevenção que você deve tomar. Manter as máquinas e colheitadeiras sempre à disposição é outra maneira de garantir que não haverá perda de grãos, pois na hora de decidir colher, o trabalho já poderá começar.

3-      Utilize uma colheitadeira de boa qualidade

Existem inúmeros modelos de colheitadeira no mercado, porém escolher a máquina certa para a sua lavoura é fundamental nos resultados da safra. Na hora da compra, considere o tamanho da área de plantio, o tipo de produção que você possui, e o tempo disponível para completar a colheita. Hoje, a tecnologia embarcada nas máquinas agrícolas já vem avançando, e muito, para prevenir a perda de grãos na colheita mecanizada.

As colheitadeiras da Case IH, por exemplo, garantem uma melhor qualidade do grão em todo o processo. A linha Axial Flow traz sistemas de corte, debulha, limpeza e de acionamento inovadores, com uma variedade de plataformas de caracol ou de esteiras, gerando mais resultados e produtividade na lavoura.

4-      Regule a colheitadeira da forma correta

Várias perdas podem ocorrer no momento da colheita pelo uso da máquina mal regulada, seja em seu mecanismo de corte ou recolhimento das plantas. É um momento crucial pois o produtor acaba perdendo o que já foi produzido, que significa investimento de tempo e dinheiro que não dão o retorno esperado. Por isso, é importante estar capacitado para manejar a colheitadeira e otimizar a qualidade e preservação dos grãos até o final.

A velocidade da colheitadeira de acordo com a produtividade e capacidade do maquinário é fundamental, pois cada máquina tem uma capacidade específica para manusear, na barra de corte e na plataforma, toda a massa colhida com cada tipo de grão. Quando a velocidade não é respeitada, o sistema fica sobrecarregado e haverá mais grãos não trilhados, resultando em perdas. Hoje, alguns modelos já vêm com ajuste automático de acordo com a velocidade de avanço da colheitadeira no campo.

Fazer a manutenção periódica das colheitadeiras também é fundamental. Manter as barras de corte afiadas e reguladas, calibrar o sistema de trilha para evitar muitas folgas, ajustar a peneira e o ventilador, lubrificar e manter todos os componentes limpos para cada safra. Procure sempre contar com uma equipe de técnicos especializados na marca da sua máquina, pois assim serão utilizadas peças genuínas garantindo maior qualidade. Com as máquinas Case IH, você pode colher no inverno e verão sem parar graças à Revisão Entressafra. Leia mais clicando aqui.

Conclusão

É claro que são vários os detalhes a considerar para garantir uma excelente safra, porém o momento da colheita é crucial, pois é quando você pode evitar perder o que já foi produzido com tanto trabalho dedicação e qualidade.

Para acompanhar mais informações sobre o trabalho no campo e as máquinas Case IH, acompanhe as atualizações no blog da Carboni. Você também pode assinar a Newsletter clicando aqui e ficar ligado a cada nova postagem. Boa safra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *