5 ações para aumentar o potencial produtivo de milho na safra verão

0

Para garantir uma boa produção e rentabilidade da sua lavoura de milho na safra verão, há algumas ações que você pode tomar. O planejamento antecipado é muito importante, já que os cuidados com a lavoura começam antes mesmo do plantio e influenciam diretamente na produtividade. Listamos abaixo cinco dicas para ter uma boa safra verão desde o começo até o final do seu cultivo:

1- A escolha da semente: para um alto potencial produtivo é fundamental a escolha de um híbrido que atenda às necessidades de ciclo, pois sua condição genética é o que dará uma resposta positiva ao clima do lugar e a cada ação de manejo realizada. Escolha sempre sementes que se adaptem à região onde serão plantados, e também à época que o plantio será feito. Além disso, é preciso observar se o lote de sementes adquirido está dentro do prazo de validade e se a germinação, identificada na etiqueta, está próxima de 100%.

Outra maneira para auxiliar a escolher o híbrido é verificar os ensaios feitos na sua região, principalmente por instituições como a Epagri. Essa informação pode ser valiosa principalmente pela relação preço x produtividade e estabilidade.

2- Maior quantidade de plantas: estudos apontam que os híbridos de milho respondem melhor quando a população de plantas é maior, principalmente se o objetivo é chegar a 300sc/ha. Porém, o incremento no número de plantas deve ser feito de maneira criteriosa, pois aumentarão também as exigências de solo, adubação, qualidade de plantio e manejo de pragas.

3- A qualidade de plantio e a adubação: O agricultor precisa acertar nas suas escolhas para conseguir economizar e colher o máximo possível. Um solo bem estruturado e com níveis adequados de nutrientes é fundamental para a produtividade das plantas de milho. Para otimizar o uso de insumos e reduzir os custos de produção, o produtor deve selecionar as glebas com melhor histórico de fertilidade e iniciar a semeadura por esses setores. As demais áreas, com histórico de fertilidade menor ou outras restrições à máxima produtividade do milho, podem ser semeadas mais tarde.

Quanto à adubação, o Nitrogênio é um dos nutrientes de maior exigência do milho, porém é fornecido na maior parte via adubação química. Solos mais bem estruturados, e com bom equilíbrio químico e biológico tendem a suprir melhor esta exigência do milho. O uso recorrente de uma adubação deficitária ao longo de algumas safras vai comprometendo o rendimento das culturas seguintes. 

4- O cuidado com as pragas: e é claro que o manejo de pragas desde o início do cultivo, auxiliará na produtividade elevada da sua safra. Pragas como os pulgões e percevejos têm causado problemas nas lavouras. No caso de milho verão, a proximidade com plantações de soja pode aumentar a incidência de ataque e requer manejo específico para o seu controle, baseado sempre em monitoramentos.

Caso seja necessário fazer pulverizações, é importante contar com máquinas que atendam a necessidade da sua área de plantação, tanto em tamanho como em velocidade de trabalho. Às vezes, produtores aceleram a passagem do trator para cobrir mais terreno em menos tempo, porém o aumento da velocidade de trabalho pode implicar em menos efetividade de pulverização e consequente perda de cultivo.

É importante ainda controlar o surgimento de ervas daninhas até a emissão da oitava folha da planta do milho, pois é o período em que se define o potencial de produtividade e qualquer competição no solo compromete o seu rendimento.

5- Os cuidados na colheita: Não só na colheita, mas durante toda a safra, é importante contar com uma capacidade operacional correspondente ao dimensionamento da sua área de plantio. As máquinas e implementos disponíveis para todas as operações mecanizadas devem responder com eficiência às necessidades do seu trabalho, pois os modelos de tratores, pulverizadores e colheitadeiras também afetam na maior produtividade do milho.

Na hora de colher, utilize a velocidade correta da máquina para não perder grãos. Além disso, contar com uma colheitadeira de qualidade e com as revisões em dia fará toda a diferença nos resultados da sua produção.

Conclusão

O sucesso no cultivo do milho depende não só das boas condições climáticas, mas também de um excelente manejo da cultura, com uso de tecnologias adequadas. Alcançando uma boa produtividade, o produtor minimiza as flutuações de preço no mercado do milho dentro das safras de verão e a safrinha.

Para ajudar na tarefa de melhorar a safra do seu milho, garanta que todas as suas máquinas sempre tenham a revisão preventiva em dia. Essa é uma ação que permitirá colher no inverno e no verão sem parar.

Para isso, você pode contar com os serviços da Carboni Case IH, com ofertas especiais e atendimento personalizado. Agende já a sua clicando aqui e se prepare para a colheita. Repense sua produtividade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *