O papel fundamental do transporte de cargas em épocas de crise

0

Estamos vivendo um período de alerta em todo o mundo, com medidas como quarentenas e controles de saúde reforçados em todos os países atingidos. Mas outra preocupação constante quando há qualquer tipo de crise é garantir o abastecimento das cidades  e seus arredores, para que não faltem alimentos, remédios, combustíveis ou qualquer outro produto necessário para a subsistência dos seus habitantes.

Nesses momentos é normal que aumente bastante a demanda por produtos de primeira necessidade como alimentos e medicamentos, por isso a infraestrutura de transporte de cargas do Brasil deve seguir funcionando com o fluxo de entregas em todo o território nacional. Isso é muito importante, pois qualquer tipo de desabastecimento seria só mais um motivo para agravar ainda mais essa crise que já estamos vivendo.

Manter as cidades abastecidas é uma tarefa de valentes motoristas e transportadores, que não cruzam os braços e nem hesitam em estar dispostos para cumprir o seu papel. Resta agradecer a esses profissionais pelo seu serviço, tão fundamental para manter nossa economia girando e garantir a entrega de insumos, não só para nós como cidadãos, mas também para os hospitais, clínicas, centros de pesquisa e muitos outros serviços que, sem o apoio do transporte de cargas, precisam parar por falta de equipamentos.

Cuidados importantes para trabalhar no transporte em meio à epidemia

Sabendo da importância do transporte de cargas para o país principalmente durante essa epidemia de Covid-19, é claro que também nos preocupamos pela segurança e saúde dos motoristas. Por isso, reforçamos aqui algumas medidas que cada profissional do transporte deve tomar para se proteger do vírus em qualquer situação.

  • Evite aglomerações em filas de espera, pátios, portarias, lugares de comida, entre outros. A principal forma de contágio do Covid-19 é pelo contato com pessoas infectadas, por isso procure se afastar de grupos grandes de gente.
  • Permaneça na cabine o máximo possível em períodos de espera;
  • Também mantenha distância de ao menos 1 metro de pessoas e evite apertos de mão, abraços ou qualquer outro contato físico.
  • Lave bem as mãos frequentemente com água e sabão depois de ter contato com espaços externos. Se não tiver um lugar para isso, compre álcool em gel de 60% para cima, encharque bem toda a mão (entre os dedos, palma, dorso, punho) e espere secar naturalmente.
  • Antes de lavar ou desinfetar as mãos, não toque seu rosto. O vírus pode ser transferido de superfícies para os seus dedos, e ao tocar a boca, nariz ou olhos, você pode se contaminar.
  • Sempre limpe com desinfetante as superfícies que têm bastante contato como maçanetas, as suas chaves, o volante do caminhão, as hastes e botões do painel de controle, o seu celular, entre outros. Tenha produtos de limpeza no caminhão para isso.
  • Se você sentir qualquer sinal de febre, tosse seca ou dores no corpo por mais de 24 horas, avise imediatamente a transportadora.

Na Rodoviário Monte Sereno estão sendo prestados todos os auxílios necessários para a proteção dos motoristas. Prezamos pela saúde e segurança dos nossos profissionais acima de tudo, e estamos unidos no esforço de seguir trabalhando para garantir o abastecimento em todos os cantos do Brasil.

Queremos agradecer aos motoristas, pois seu trabalho é essencial e fundamental nesse momento difícil que todos estamos passando. Compartilhem essa informação com os colegas estradeiros, e mantenham-se atentos às medidas de segurança. Todos juntos na luta contra o Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *