Como declarar o consórcio no seu Imposto de Renda?

Como declarar o consórcio no seu Imposto de Renda?

Você sabia que é preciso declarar o consórcio no Imposto de Renda? Aqui te explicamos como fazer a declaração da sua cota de consórcio, que deve ser incluída no IR tanto antes como depois de ter sido contemplada. O processo para fazer a declaração vai variar dependendo da situação da cota e da data em que ela foi contratada.

Inclua a cota de consórcio na ficha “Bens e Direitos” da sua declaração de imposto de renda

Você deverá incluir a cota de consórcio na ficha “Bens e Direitos” da sua declaração de Imposto de Renda. Se a cota ainda não foi contemplada, o código usado na declaração deve ser o 95, que representa os Consórcios Não Contemplados. Logo, você precisará informar o valor da cota que foi pago durante o ano, incluindo o saldo desde a data de contratação do consórcio (se foi em 2019, o saldo do consórcio informado na declaração daquele ano deverá ser somado ao valor total de 2020). O mesmo procedimento vale para cotas que já foram contempladas, mas o crédito ainda não foi utilizado para adquirir um bem.

Para cotas contempladas com o bem adquirido durante o ano de 2020, será necessário registrar na ficha “Bens e Direitos” o código equivalente ao bem, que podem ser imóveis, automóveis ou serviços. Na declaração, é preciso informar que ele foi adquirido através de um consórcio contemplado. Os códigos correspondentes aos bens que podem ser comprados usando o consórcio são:

  • código 01 para um prédio residencial
  • código 02 para um prédio comercial
  • código 03 para um galpão
  • código 11 para um apartamento
  • código 12 para uma casa
  • código 13 para um terreno
  • código 14 para um imóvel rural
  • código 15 para uma sala ou conjunto
  • código 21 para um veículo automotor terrestre (automóvel, caminhão, moto, etc.)

Se a sua cota foi contemplada, mas você ainda não comprou o bem, também é necessário declará-la no Imposto de Renda. O código utilizado também será o 95, e devem ser detalhados os valores pagos em consórcio durante o período a declarar, incluindo o total já declarado no IR do ano anterior (se for o caso).

Especifique informações sobre a cota de consórcio no campo “Discriminação”

Independente da situação na qual está a sua cota, no campo “Discriminação” você deverá informar detalhes sobre o consórcio como nome e CNPJ da administradora, além de especificar o número de parcelas já pagas e quantas ainda estão por pagar (se tiver). Se a cota tiver sido contemplada por lance, será necessário informar também qual foi o valor investido na oferta deste. No campo “Valor”, informe o total acumulado que você já pagou do consórcio até o momento.

Se você tiver dúvidas, o site da Receita Federal oferece orientações para que você possa fazer a sua declaração corretamente e dentro do prazo. Caso precise de ajuda, a Carboni Ademicon também poderá te assessorar com informações referentes às suas cotas de consórcio que devem ser declaradas no Imposto de Renda 2021. Fale com a nossa equipe direto pelo Whatsapp (49) 3533-8838.

Fique por dentro!

Para mais notícias e informações, inscreva-se grátis na Newsletter do Blog da Carboni e receba as próximas atualizações direto no seu e-mail. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *