back to top
InícioCarboni FiatNa liderança do mercado brasileiro, Fiat é a marca que mais cresceu...

Na liderança do mercado brasileiro, Fiat é a marca que mais cresceu no último mês

Fiat também foi a que mais aumentou o volume de vendas para pessoa física - foco de plano do Governo, apresentando sua melhor participação de mercado do ano em junho.

A Fiat encerrou o primeiro semestre de 2023 com chave de ouro. Além de manter a liderança do mercado brasileiro durante os primeiros seis meses do ano, a marca conquistou importantes feitos em junho comparado ao mês anterior. A Fiat foi a que mais cresceu de forma geral no mercado, obtendo recorde de market share em 2023 com 23,6% (2,9 p.p a mais que em maio). Quando considerado apenas o varejo (venda para pessoas físicas) – foco do plano do Governo, a marca também foi a maior com um ganho de 4,1 p.p. em relação a maio, liderando no canal e apresentando sua melhor participação no ano: 19,1%. A Fiat também teve o modelo que mais cresceu em vendas para pessoa física no período: o Mobi, que garantiu um acréscimo de 168% em volume. Para completar, a Fiat também teve recordes nos volumes de vendas mensal em 2023 com Mobi, Argo, Cronos, Pulse e Fiorino.

A indústria como um todo aumentou 8% em junho em relação a maio. A Fiat teve um resultado ainda mais positivo na mesma comparação, crescendo 23,1%, quase três vezes mais que o mercado. A marca chegou a 42.389 unidades emplacadas no mês, mais de 13 mil à frente da segunda colocada, elevando o número de emplacamentos em 7.959 unidades em relação a maio.

“A Fiat apoiou fortemente a medida de incentivo do Governo à indústria automotiva e obteve ótimos resultados, com recorde de participação de mercado e de vendas em cinco modelos. Além de ser a marca com mais carros que se enquadram na ação, ainda reduzimos o preço público de algumas versões e oferecemos bônus. Somos líderes no varejo e a iniciativa focava justamente em pessoa física. Mais do que isso, vale destacar que o ótimo desempenho foi devido à agilidade tanto em nossas ações de comunicação quanto em relação ao engajamento da rede de concessionários. Com isso, fomos a marca que mais cresceu com a medida, colaborando com seus objetivos”, destaca Herlander Zola, vice-presidente sênior da Fiat e da Abarth na América do Sul.

Os grandes responsáveis pelo sucesso da Fiat em junho foram o Mobi e o Cronos com crescimento acima de 60% em relação ao mês anterior, seguidos por Argo e Pulse que tiveram aumento de volume de 43% e 26%, respectivamente, versus maio. A Fiat também se destacou em diferentes segmentos no sexto mês de 2023, com a liderança em hatches (25,3%), picapes (40,8%) e vans (53,1%). A marca ainda garantiu quatro modelos no Top 10 do mês: Strada com 9.005 unidades emplacadas, Mobi com 6.895 veículos, Argo com 6.747 emplacamentos e Cronos com 4.969 veículos vendidos.

No varejo, em junho a Fiat teve 19.787 unidades comercializadas, o que representa um aumento de 6.479 emplacamentos e 4,1 p.p. quando comparado ao mês anterior. Vale dizer ainda que a marca liderou no segmento B-SUV nas vendas varejo com os emplacamentos somados de Pulse e Fastback, ficando com 22% de market share. A Fiat também foi a número um em Vendas Diretas, com 29,6% de participação no mercado.

Liderança no semestre com mais de 200 mil veículos vendidos 

A Fiat também cresceu no comparativo do primeiro semestre de 2023 com o do ano passado. A marca encerrou o período com 22,1% de market share e quase 207 mil unidades emplacadas, um aumento de 10,5% em relação aos primeiros seis meses de 2022 (aproximadamente 20 mil emplacamentos a mais). Vale dizer que foram cerca de 58 mil veículos vendidos acima da segunda colocada.

Nos primeiros seis meses do ano, a Fiat conta com três modelos no Top 10, sendo a Strada a primeiríssima do ranking de veículos mais vendidos com 50.544 unidades emplacadas, Argo na sétima colocação com 31.920 e Mobi em oitavo com 30.443.

Para completar, a Fiat também é destaque no primeiro semestre em diferentes segmentos. A marca ocupa a liderança nas categorias de hatches, com 24,2% de participação, picapes com 42,8% e vans com 40,2% do mercado.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS POPULARES

COMENTÁRIOS RECENTES